Tags

, , , , ,

Todos tem um amigo (ou você mesmo pode ser essa pessoa) que bebe pra “chegar junto” em uma mulher. Três ou quatro copos o transformam no conquistador da festa, mais rápidos que qualquer terapia. Claro que a bebida é como qualquer outra droga (remédio), uma dose a mais torna o galanteador patético e instável. Sendo consumida na medida certa e com segurança ( longe de automóveis e celulares) é um catalisador da criatividade,  um transformador do individuo; o tímido fica eloqüente, o covarde ganha coragem, o sisudo desabafa. Quer encontrar o motivo porque o mundo esta indo pro buraco? Ou melhor, a solução para o aquecimento global ou o fracasso da economia? É só ir ao boteco mais próximo, lá está cheio de peritos em todas as áreas, geralmente são polímatas, “e não há nada nesse mundo (que eles, com um copo na mão) não saibam demais”. As melhores histórias são, sem dúvidas, contadas nos bares.

Toda essa apologia ao álcool como propulsor da mente criativa é o preâmbulo para apresentar, ou relembrar,  Harry Purvis,  dentro do contexto que o torna protagonista do livro de Arthur C Clarke . Harry é o típico contador de estórias de bar,  que se infiltrou no pub Gamo Branco, local frequentado pela elite de cientistas, inventores e escritores de ficção londrino. Entre um gole e outro (que alimentava sua imaginação) ele hipnotizou  os frequentadores com suas estórias mirabolantes. Alguns achavam Harry convincente, a maioria tinha certeza que ele era um mentiroso, mas todos paravam para ouvi-lo. Em que outro lugar um desconhecido como Harry  Purvis  ganharia tanta notoriedade, tanta atenção e deixaria saudades entre beberrões escritores renomados? A internet reinventou essa façanha dos botecos, permitindo que compartilhemos nossas histórias amadoras com um numero incontáveis de pessoas em inúmeros lugares. Nesse espaço ,não somente vamos colocar nossas histórias e as que os leitores nos enviarem,  mas também indicaremos livros, hq’s, filmes (tudo relacionado aos gêneros de Sci-fi, Horror, Fantasia e Mistério), faremos criticas e resenhas sobre nossos autores favoritos e os mais odiados, suas respectivas obras e receberemos as criticas e resenha dos frequentadores desse botequim. Então sente-se diante de seu PC, encha o copo, enconste-o próximo a tela e vamos brindar a isso.

Anúncios